Emma Watson confessa ter semelhanças com Hermione

Emma Watson (Hermione) confirma ter algumas semelhanças com a personagem que interpreta em Harry Potter, a estudiosa Hermione Granger.
Emma confessa que estudar foi sempre o seu sonho antes de ter pensado em actuar e que a sua opinião não irá mudar já que em finais de Agosto vai entrar numa universidade. Também revela que adora aprender coisas novas desejando nunca parar e também diz que a forma de acalmar-se depois de um dia de stress é ler um livro.
Assim, a actriz confessa um lado "nerd" semelhante a Hermione.
Também podes ler uma outra entrevista a seguir:

Como foi voltar ao set da série em Harry Potter e o Príncipe Misterioso?

Foi muito bom voltar, sabendo que o filme é mais uma comédia romântica do que qualquer outro e que teríamos a oportunidade de nos focarmos mais nesse lado das coisas. Às vezes, o filme fica sombrio e pode ser meio pesado. Mas acho que nos divertimos tentando fazer deste filme o mais engraçado possível.

Este é o primeiro filme da série que vocês gravaram já como adultos. Houve algum tipo de liberdade no set?
Apenas longas horas de trabalho (risos).

Como lidaste com todos os olhares que estão no ar neste sexto filme? Como foi interpretar Hermione nesta aventura?
É engraçado. Somos, talvez, um ou dos anos mais velhos que as personagens da história. Vivi as coisas antes e depois apliquei essa experiência na minha personagem. Às vezes, tenho que voltar no tempo com a Hermione porque ela é inocente e ingénua. Neste filme, ela está bem vulnerável e realmente tem o seu coração partido com o romance de Ron (Rupert Grint) e Lavender (Jessie Cave). Acho incrível poder interpretar uma personagem quando cresceste com ela.

Vocês cresceram, já não são crianças. Teve algum romance por trás das câmaras?
Quando eu era mais nova, eu ia para a escola depois das filmagens, portanto o Dan (Daniel Radcliffe) e o Rupert não eram os únicos rapazes que eu conhecia (risos). Sei que a imprensa teria muito interesse se um de nós os três namorasse com o outro, mas, infelizmente, isso não existe. Nós crescemos juntos desde os 10 anos, somos como irmãos. Não há casais no elenco, acho eu. Lamento muito isso (mais risos).

As aventuras de Harry Potter ocuparam grande parte da tua vida. Como analisa isso agora? Se daqui a 20 anos a Hermione voltasse aos ecrãs, irias interessar-te em interpretá-la novamente?
Provavelmente tivemos que amadurecer mais rápido do que as outras crianças. Tínhamos muitas responsabilidades. Começamos a trabalhar com 10, 11 anos. Isso foi bem difícil e enfrentamos muita pressão. Mas essa experiência foi incrível e única. Foi realmente demais. Sobre voltar a interpretar Hermione, nunca digo nunca, mas espero que eu esteja noutra quando fizerem um resumo de Harry Potter (risos).

Como foi interpretar Hermione ao longo dos anos? O que aprendeste com os diferentes directores e com os actores mais experientes?
Começamos muito novos e simplesmente confiamos no Chris Columbus (director dos dois primeiros filmes). Às vezes, ele tirava o som e dirigia-nos durante a cena. Depois colocava o som. Nós precisávamos desse tipo de ajuda, especialmente trabalhando com tantos efeitos especiais, mágia, animais. Nos primeiros dois filmes eu tinha que me habituar à ideia de estar num filme e de ser uma actriz. Acho que, quando era mais nova, eu provavelmente era como a Hermione, aquela rapariguinha. Quer dizer, não precisava actuar muito. Tentei fazer uma caricatura do que eu era e não precisei de muito. Quando fui ficando mais velha, Hermione tornou-se uma personagem mais complexa e eu precisei de mais preparação. Agora, gosto de pensar que sou uma actriz. Os filmes de Harry Potter foram a minha escola, foram a forma como aprendi. Tive sorte de trabalhar com tantos directores de estilos diferentes e com vários actores. Vejo a Helena Bonham Carter ( Bellatrix) como uma pessoa muito querida. Ela foi a primeira actriz com a qual realmente tive uma ligação. Ela teve uma experiência parecida com a minha quando era jovem. Conversamos bastante.

Como é a sua relação com a autora dos livros, J.K. Rowling? Ela vai muito ao set?
Nos primeiros filmes não ia muito. Ela provavelmente ainda estava a escrever os livros e tinha filhos pequenos. Agora que terminou de escrever a saga e que os filhos estão mais crescidos, ela pode-se envolver mais nas produções. É um prazer para ela estar envolvida com o filme. Ela escreve-me, manda-me e-mails de vez em quando. Isso é muito bom. Somos parecidas de certa maneira. É fixe conversar com ela. É um óptimo ser humano. Eu admiro-a e é maravilhoso tê-la na minha vida.

Quais são os teus planos para depois da saga Harry Potter? Vais continuar a actuar?
No fim de Agosto vou para uma universidade nos Estados Unidos. Estou bastante entusiasmada. Mal posso esperar para ter um pouco de normalidade (risos). Mas ir para a faculdade não significa que vou deixar de actuar. Parece haver bastante confusão por parte dos media em relação a isso. Posso actuar e estudar ao mesmo tempo. Administrei isso muito bem até agora. É isso que espero fazer. Posso agendar trabalhos durante férias e feriados.

Ir para a universidade nos EUA é uma forma de buscar normalidade e anonimato?
Não quero taxar isso como algo negativo como se eu tivesse a escapar ou algo do género. Eu apenas quero ser uma adolescente normal por um tempo, conhecer pessoas da minha idade. Sei que vou parecer muito a Hermione agora (risos). Aprender tem sido o meu conforto. Isso é muito "nerd", mas é o que me faz bem. Gosto de aprender e não quero parar. É algo natural para mim.

Já tens outros trabalhos, além dos filmes da série, como a nova campanha publicitária da Burberry. Sentes pressão do mundo fashion em relação ao seu modo de vestir e de se comportar?
Não me sinto pressionada em relação a minha aparência. Acho que sofro mais pressão em ser uma menina. Quando fui ficando mais velha, apercebi-me de que as pessoas preocupam-se com o que eu coloco no meu corpo, o que é estranho (risos). Porque tenho estudado, não tive tempo de fazer outros filmes. Então a forma de trabalhar em novas coisas foi ser modelo. Tento ser uma personagem diferente em cada ensaio de moda que faço. Esse tem sido o modo de eu me expressar e espero que as pessoas possam ver-me de outras formas. Eu seria muito ingénua em achar que não será difícil para o público separar-nos das personagens que estão acostumadas a ver.

Tens um personal stylist (profissional de moda que ajuda a pessoa a escolher a roupa mais adequada para uma ocasião)?
Eu tenho ajuda porque tenho filmado seis dias por semana. Eu não tenho tempo de sair e fazer compras. Mas as roupas que uso são escolhas minhas.

Os livros de Harry Potter acabaram e vocês estão a gravar os dois últimos filmes. E agora?
Vou sentir muitas saudades. Acho que ficará um vazio. Mas não podemos subestimar a longevidade dos livros e dos filmes. Sou uma grande fã dos livros, não apenas dos filmes. E não acho que eles vão desaparecer tão cedo. Estão a fazer parques temáticos de Harry Potter. Uma nova geração de crianças vai ler os livros e espero que também vejam os filmes. Tentamos fazê-los de modo a que se tornassem clássicos.

FONTE: CinemaTerra

2 comentários:

  1. Enganaram-se e escreveram semalhanças em vez de semelhanças.
    Espero ter ajudado ;)

  1. Potter4ever disse...:

    O erro já foi corrigido.
    Obrigado pelo aviso! :)

Enviar um comentário

 
HPImagens | A Magia para os Muggles © 2006-2011 | Desenhado por Trucks, em colaboração com MW3, Broadway Tickets e Distubed Tour [adaptado por Sérgio]