Primeira crítica a PM é bastante positiva!

Há alguns dias atrás, o site Hollywood divulgou a primeira crítica oficial de "Harry Potter e o Príncipe Misterioso", tendo esta sido realizada por Paul Dergarabedian. O resultado é, de acordo com ele, bastante positivo, afirmando mesmo que até poderá concorrer aos Óscares!
Podes lê-la na íntegra a seguir:

"Numa exibição especial nesta manhã, eu tive o privilégio de ver Harry Potter e o Príncipe Misterioso, da Warner Bros.. Eu estava encantado como se fosse um jogador de Quidditch numa vassoura super-potente. Não só isto, passando metade do filme, eu pensei subitamente: “Dez nomeações ao Oscar estarão disponíveis no próximo ano... hmm, eu penso que…”.

Hey, os filmes de O Senhor dos Anéis foram nomeados três anos consecutivos, e eu comparo este filme com esses outros incríveis filmes. Agora eu sei que as pessoas vão dizer mal de mim por isso, mas, por favor, mantenham o vosso julgamento até que vocês vejam o filme e depois voltem e apontem-me o vosso pequeno dedo de Hobbit se não concordarem.

Antes que tu penses que este filme foi pregar aos convertidos ou que eu sou algum tipo de enorme viciado em Harry Potter, vou ser honesto e dizer agora, eu não era um grande fã da série; certamente eu entendia a popularidade dos livros e dos filmes, mas eles simplesmente não eram a minha xícara de chá.

Bem, recuei porque agora o amador de Potter em mim se desencadeou após ter testemunhado um filme que não foi apenas refinado no seu custo na produção, mas também charmoso, engraçado, assustador, encantador, movimentado (parem-me, os adjectivos deveriam continuar e continuar) e eu diria, sexy. Brilhantemente dirigido por David Yates (ele dirigiu o filme de 2007, Harry Potter e a Ordem da Fénix), Harry Potter e o Príncipe Misterioso é um trabalho de grande esforço que combina estilo e substância, efeitos especiais e amor e, mais importante, óptimas performances vindas de todos os actores jovens e não-tão-jovens.

Daniel Radcliffe, o Harry Potter, desenvolveu-se num excelente jovem actor que dá ao filme um núcleo emocional. No entanto, Radcliffe é o coração, e Michael Gambon é a alma do filme como Albus Dumbledore, Gambon dá-nos uma profunda actuação como a figura de pai para o jovem Potter. E claro, o sempre óptimo Alan Rickman dá-nos uma misteriosa e assustadora e memorável reviravolta como o mal e agente duplo Severus Snape. A fotografia, a música, os designs dos sets e os figurinos estão fantásticos, e o filme tem um visual altamente rico e torna-se o melhor filmes épico de Hogwarts de Hollywood.Há mais dois filmes de Harry Potter por chegar (ambos dirigindo por Yates) com Harry Potter e os Talismãs da Morte - Parte 1 em Novembro de 2010 e Parte 2 em Julho de 2011. Eu, mal posso esperar para ver essas fantásticas aventuras quando elas chegarem."

FONTE: PotterNews

0 comentários:

Enviar um comentário

 
HPImagens | A Magia para os Muggles © 2006-2011 | Desenhado por Trucks, em colaboração com MW3, Broadway Tickets e Distubed Tour [adaptado por Sérgio]